Quando você se ama, o amor vem

Quem nunca tentou agradar um amor e deu com a cara na parede que atire a primeira pedra. Pois bem, todos os humanos dotados de empatia já passaram, ou passarão, pela aquela velha e batida frase: “Eu tentei fazer o que ele(a) gosta, tentei ir onde ela(e) gosta de ir, de escutar o que ele(a) escuta. Mas não foi suficiente. Me dediquei atoa.” E ai vem a pergunta: “Onde errei?!” E eu te respondo caro leitor, seu erro foi exatamente se dedicar as coisas erradas.

Antes de mergulhar em um relacionamento de cabeça e se aprofundar na vida do outro, experimente mergulhar na sua própria vida. Experimente ser você, e dedicar suas energias ao que realmente lhe faz bem. Quando nos amamos, quando realmente estamos satisfeitos com nossas atividades, com nossas realizações e até mesmo com o nosso corpo, quando aprendemos que a melhor parte da gente é se dedicar exatamente as coisas boas que queremos para nós, uma coisa incrível acontece: o amor vai esbarrar com você e tudo será como nunca antes. Por que?! Porque ele (o amor) estará fazendo as mesmas coisas que você, por que ele também já fazia antes de te conhecer, e não só para lhe agradar.

Então, da próxima vez que você ver aquela corrida que sempre quis participar, ou aquele evento que só você gosta, calce seu tênis e vá! Vá de coração aberto, para fazer o que lhe faz bem… pois é nessas horas que podemos conhecer alguém para correr ao nosso lado na grande maratona da vida.

por Raphael Giovanni

Agnes Martins

Nascida e criada em Belo Horizonte, Agnes, é formada em publicidade e propaganda com pós em Marketing e Comunicação. Geminiana, com ascendente em aquário e vênus em áries. Ama assistir seriados, ler livros e escrever sobre tudo nas horas vagas.

Deixe uma resposta