Ela

Uma brisa veio, vagando pelo caminho estreito de minha mente conturbada. Bem lá no fundo, quase imperceptível diante das inúmeras vozes que ecoam em meus pensamentos. Ela, de maneira quase imperceptível, me colocou de volta a realidade a tempo de escutar aquela voz doce e suave sussurrar em meus ouvidos: “Está tudo bem?!” Olhei para o lado e vi aquela linda mulher, com traços finos, olhos claros, cabelos longos, com uma tatuagem colorida na coxa esquerda, um sorriso brilhante, com a luz que entrava pela fresta da janela batendo em seus cabelos e os fazendo brilhar.

Essa mulher estava ali, parada em minha frente, olhando para mim com um tom desinibido, segurando um copo d’água em suas mãos, vestindo um short jeans e camiseta branca. Estava descalça, claro. Mas então questionei em meus pensamentos: “Quem é esta mulher?!” Por que não consigo parar de olhar para seus olhos?!”… enquanto pensava suas pernas começaram a se mover em minha direção, em um piscar de olhos ela sentou-se ao meu lado e se aconchegou em meu corpo como quem queria um abraço. Envolveu um de meus braços em seu corpo e dobrou uma de suas pernas sobre a minha. Sem me dar conta, sua cabeça já estava em repouso sobre o meu peito.

Ainda sem reação, outros questionamentos davam vida aos meus olhos sobre ela: “Que pele macia”, “Por que ela está aqui?”. Seu cheiro impregnou meu nariz, era possível escutar seus batimentos através de meu peito. Batimentos calmos, porém fortes. Por um instante minha audição foi tomada pelo som de sua respiração. Um momento de silêncio harmônico entre meus pensamentos e meus sentidos veio logo depois.

Então me lembrei, ela era minha paz, meu porto seguro, minha escolha, ela era como uma brisa suave de verão, capaz de me dar mais fôlego com apenas um respiro rápido em seu cheiro viciante.

Tomei o ar de meus pulmões e respondi: “Não poderia estar melhor.” Enquanto ela se concentrava na sua série favorita que passava na televisão, eu voltei para meus pensamentos. Porém desta vez, meus pensamentos eram sobre ela.

por Raphael Giovanni

Agnes Martins

Nascida e criada em Belo Horizonte, Agnes, é formada em publicidade e propaganda com pós em Marketing e Comunicação. Geminiana, com ascendente em aquário e vênus em áries. Ama assistir seriados, ler livros e escrever sobre tudo nas horas vagas.

Deixe uma resposta